Super cola 6

A rejeição amorosa representa para qualquer homem um verdadeiro renascimento. A uns aparecerá decorada como uma exuberante capela sistina, noutros parecerá um ecce homo carregadinho de chagas, mas para todos representará o seu primeiro contacto com o famoso síndrome/processo da ‘Capacidade de Retenção de Mulher’, fenómeno ainda desconhecido na época de Freud, que teve assim de se ficar pelo sensaborão Édipo em formato de complexo - nem sequer havia ainda em supositório; suponho.

A ‘Capacidade de Retenção de Mulher’ é bastante diferente da capacidade de engate, ou de sedução, ou mesmo de mero interessamento erótico conjuntural; a C.R.M, como é designada nos modernos compêndios de psicologia criativa, é um processo de índole carismático-mistico que se dá no âmago da personalidade do homem e que lhe fixa o seu grau de pegajosidade com o género oposto;

Formaram-se assim 6 tipos de homens que ocupam o topo da escala neste critério de permanência da adesividade feminina:

Homens Ventosa – são aqueles espécimes que as mulheres a partir de certa altura são fisicamente incapazes de largar. Eles apenas têm de se encostar um bocadinho, criar uma pequena zona intermédia de vazio e, quando se dá o estalinho, (‘poah’, não se se estão a ver) a mulher fica presa para sempre, seja para abrir as pernas, seja para ficar a segurar no pano da loiça.

Homens Esfoliação – Todas as mulheres precisam em determinados momentos da sua vida de homens que lhes cocem as costas; certos homens adquirem com a prática uma capacidade singular de ir criando dependência dessa ecológica raspagem de costas e a certa altura a mulher já não consegue passar sem aquele anestesiante roçar, principalmente porque pode ir lendo revistas ao mesmo tempo; entre outras coisas, dependendo do grau de lonely-heart que o homem apresente.

Homens Halo – Trata-se daquele grupo de homens dos quais emana um aureola de graça e encanto, um tal de je se sait quoi que separa os gajos a quem elas não ligam um caralho, daqueloutros a quem elas só sonham com eles e o caralho. Na gíria científica troca-se o sítio do agá e acabam por denominar-se os ‘homens do carhalo’.

Homens Aki-Bimby – É um clássico; poucas mulheres resistem em definitivo a um homem que tenha umas mãos prendadas para a bricolage & barbeque. A bricolage & barbeque, aquela capacidade singular de montar umas prateleiras, ajeitar uma torneira que pinga, um estore desenfrestado, ou grelhar um robalo, representa no imaginário feminino moderno aquilo que representavam uns bons caninos para o homem de neantherdal, quando tocava a amanhar a caça ou afiar a lança. Permanentemente irresistíveis desde a idade do bronze.

Homens Bóia – Falamos aqui daquele grupo de homens que dão muito boa serventia às mulheres que precisam de sentir que têm de ser salvas. Elas podem gostar de flutuar, surfar, nem se incomodam de beber o seu pirolito, até apreciam a caça submarina com arpão, mas, at the end of the day, precisam de sentir aquela coisinha molinha onde agarrar e enrolar o bracinho enquanto recuperam a respiração. O homem bóia apresenta ainda como bónus adicional um bom leque de posições de atracagem, pois tanto dá para aquelas moças que se contentam com um mero suporte de mãozinha antes de voltar a mergulhar, como se apresenta muito eficaz para as que exigem um encaixe mais envolvente e demorado. A dependência, essa, está lá garantida e sempre presente.

Homens Querubim – Representam o tipo de homens tão bons, tão bons, tão bons que a mulher fica impossibilitada de os deixar porque julga que Deus nosso Senhor as castigará com pragas de celulite, flacidez e casca de laranja. O homem querubinicamente bom, também chamado de ‘meu tesoiro’, distingue-se do ‘homem-banana’ pelo pormenor religioso: acabam por ter uma taxa de sucesso em afm’s (actos-fornicação-mês) bastante melhor, porque a própria mulher faz equivaler interiormente o acto sexual à indulgência plenária.

3 comentários:

MC disse...

:)

cum caraças, não há um que se aproveite.

Por acaso (só por mero acaso) hoje acordei a pensar noutra categoria.

Diva no Divã disse...

Puta que pariu, estou precisanto do homem micro ondas.....
e quero que vc conheça nosso blog, frasesreescritas.blogspot.com
Amei demais teu trabalho

Diva no Divã disse...

Onde andam os homens microondas?
conheça nosso frasesreescritas.blogspot.com